7 Motivos para a agendar uma Consulta Jurídica

por dez 2, 2020Advocacia Criminal0 Comentários

Você sabe o que é Consulta Jurídica? Já ouviu falar em Consultoria Jurídica? Sabe qual é a sua real importância de se realizar uma consulta com seu advogado de confiança?

Bom, se você nunca refletiu sobre isso, se você simplesmente achava que agendar uma consulta era algo típico de atendimento médico, esta é a oportunidade para conhecer melhor sobre essa modalidade de serviço oferecido pelos Escritórios de Advocacia.

Consulta jurídica x Consulta médica

Antes de falar sobre as particularidades da Consulta Jurídica, é importante mencionar sobre a relevância de se realizar um diagnóstico, um primeiro atendimento totalmente personalizado ao cliente que busca por serviços jurídicos.

Diagnóstico é uma palavra muito comum na medicina e se refere ao processo de análise feito por profissionais especializados para avaliar eventuais problemas de saúde e identificar a necessidade (ou não) de ser realizar exames ou tratamentos de uma doença.

Enfim, é uma análise prévia que a equipe médica faz, para somente depois chegar a uma conclusão. Normalmente, o diagnóstico é realizado em um primeiro atendimento, em uma consulta médica, podendo se prolongar em outros atendimentos para verificação de todos os exames do paciente.

Pode parecer estranho, mas a realização de um diagnóstico é tão relevante para um médico, quanto para um advogado.

É muito comum as pessoas acharem que consulta (ou consultoria) é tipo de atendimento (ou serviço) específico da medicina. Como se somente o médico pudesse oferecer (e, claro, cobrar) esse primeiro contato com o paciente (cliente).

O que é um verdadeiro mito, pois muitos outros profissionais especialistas necessitam, sim, entender o problema do cliente/paciente, analisar as particularidades do caso (pois cada pessoa é única), para depois dar a orientação necessária sobre como aquele problema pode ser solucionado.

Não sei se você sabe, mas o negócio, a expertise (vamos dizer assim), do Advogado é esclarecer dúvidas das pessoas que lhe procuram, identificar o problema do caso através de um diagnóstico, para, posteriormente, elaborar estratégias necessárias na solução do problema de forma jurídica.

Inclusive, existem muitos outros atos realizados pelo advogado que vão além da audiência. Como análise de documentos, ida a cartórios, delegacias e presídios, elaboração de contratos, de parecer jurídico, e muitos outros atos que não dependem da via judicial.

7 Motivos para agendar uma Consulta Jurídica

Agora que você já sabe o que é uma Consulta Jurídica e que o cliente que busca por um advogado, busca por soluções para seu problema, e, por isso, a importância de se realizar um bom diagnóstico, o Blog RP separou para você 7 motivos para você agendar hoje mesmo uma Consulta Jurídica.

  • Motivo nº 1 – Estabelece o primeiro contato formal entre cliente e advogado
  • Motivo nº 2 –Dá a oportunidade do cliente expor o seu problema a ser solucionado
  • Motivo nº 3 –É o momento ideal para o advogado fazer um diagnóstico do caso de forma personalizada
  • Motivo nº 4 –O advogado tem a oportunidade de tirar quaisquer dúvidas sobre o caso e sobre o procedimento a ser realizado posteriormente
  • Motivo nº 5 –O cliente se sente mais seguro diante dos esclarecimentos precisos do advogado especialista
  • Motivo nº 6 – É uma etapa fundamental para a elaboração de teses defensivas
  • Motivo nº 7 –Fortalece a relação de confiança e credibilidade entre cliente e advogado

Consulta jurídica e o atendimento personalizado

Dentre todas as vantagens que a Consulta Jurídica pode oferecer à quem busca por serviços advocatícios, há o atendimento personalizado. Não há o que se falar em Advocacia Criminal e Advocacia Transdisciplinar, sem falar em atendimento personalizado.

Quando uma pessoa busca por um Advogado (assim quem busca por um médico especialista), essa pessoa espera ser ouvida, espera esclarecer todas as suas dúvidas, para compreender sobre seus direitos ou sobre os direitos de um familiar. E um atendimento personalizado fará toda diferença, uma vez que cada pessoa terá uma particularidade no seu problema e, por isso, seu caso deve ser analisado com todas precauções.

Resumindo: Você só saberá sobre seus direitos e como proceder em casos de violações, se você, após uma consulta com seu advogado de confiança, receber um atendimento personalizado, feito em uma Consulta Jurídica. Pois só assim esse especialista poderá realizar um diagnóstico preciso sobre como seu problema poderá ser solucionado.

Gostou do conteúdo? Para ver mais artigos como esse, acesse as Publicações. E não se esqueça de clicar em curtir e compartilhar com os amigos.

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This